Manifesto a favor da NOVA – Fundação

by

Aos dezoito dias do corrente mês de Abril foi publicado no Diário de Notícias, a páginas 8 e 9, um Manifesto de “altas patentes”, alguns dos quais, concedo, colegas de inquestionável prestígio científico, a favor da transformação da UNL em Universidade de regime fundacional. Colecciono estes materiais por razões de actualização dos meus trabalhos, mas não resisto a partilhar aqui o objectivo colocado em primeiro lugar:

“Em primeiro lugar, premiar o mérito. Essa autonomia e flexibilidade na gestão dos recursos humanos permite aos órgãos próprios da Universidade – Fundação reconhecer os melhores e implementar um sistema de incentivos aos docentes, investigadores e pessoal não docente. Permite, mais do que isso, diminuir a precariedade e incentivar a admissão e a progressão nas carreiras”.

Parecem um sindicato a falar – redução da precariedade, incentivar a progressão nas carreiras – e prometem distribuir uns dinheiros. Hão-de ir longe.

Pretendi colocar um link para a Secção de Recortes de Imprensa do site do SNESup mas esta ultimamente só selecciona um texto por mês. Espero que os pagamentos à empresa de clipping estejam em dia e que ela  não se importe de tentar localizar este manifesto.

 

Anúncios

2 Respostas to “Manifesto a favor da NOVA – Fundação”

  1. Nuno Sousa Says:

    De boas intenções… e mais não digo 🙂

  2. José Manuel de Almeida e Melo de Carvalho Says:

    Uma organização é o resultado do trabalho de todos e não o de alguns. Assim, a caça a menos bons elementos não faz sentido porque provoca uma competição que divide pessoas e gasto de tempo e de dinheiro desnecessários. O que faz sentido é o desenvolvimento de trabalho conjunto que permita que todos possam melhorar as condições de trabalho. Esta perspetiva não é meramente teórica pois há vários estudos que comprovam as vantagens de uma direção colaborativa/ repartida/ distribuída para a melhoria das Instituições.
    Melo de Carvalho

Os comentários estão fechados.


%d bloggers like this: