SNESup, o Primeiro Sindicato a ter um Site na Internet

by

O SNESup, que vai fazer 25 anos, já não inclui na sua memória histórica ter sido o primeiro Sindicato a ter um site na Internet, nem guardou, infelizmente, a imagem do primeiro site. A esse respeito é de contar uma história curiosa.

Depois do glorioso período da fundação e das lutas pelo reajustamento salarial que se traduziram no acordo de legislatura 1996-1999 o sindicato atravessou um período de letargia que no plano directivo ficou correspondendo à presidência de Pedro Abreu (1999-2001). O site foi um espelho disso: parecia um armário de gavetas, com letreiros em cada uma a indicar a secção. Na página principal portanto, nenhum texto, nenhuma notícia, nenhuma imagem. Um mono.

Eleita em 2001 nova Direcção presidida por Luís Belchior, que prescindiu de Pedro Abreu, logo o membro da nova equipa Jorge Morais desenhou pro bono um novo site, estruturando a página principal em coluna esquerda, coluna direita e parte central, rodando as notícias nesta última. Não tardou um comunicado de Pedro Abreu, acusando os seus sucessores de TEREM DESTRUÍDO O SITE A CAMARTELO. Tempos heróicos. O actual site foi desenhado fora por encomenda de Paulo Peixoto à Terra das Ideias e entrou em exploração em 2005, creio (pelo menos lembro-me de ter passado o mês de Setembro inteiro a organizar a Secção Jurídica). O conceito da página principal era próximo do anterior: uma coluna à esquerda e no resto do espaço as notícias rodam. Quem fosse regularmente ao Site encontrava uma página principal actualizada e detinha-se nos pormenores.

Desde que António Vicente passou a responsável pelo site a página principal foi permanecendo semanas inalterada apesar de nas secções do lado esquerdo, actualizadas pelos funcionários, irem surgindo materiais que poderiam ser chamados à página principal. Mas Vicente, aguilhoado por protestos que lhe censuram não tratar dos precários ou que insistem na importância do privado, resolveu fixar na página principal um conjunto de textos velhos de meses ou mesmo de anos (Julho de 2013, Dezembro de 2012), incluindo uns que falam de “hoje” ou de “há duas semanas” mas que não têm data…E, é claro, quem vai à página principal e não cai em dia de saída do InfoSnesup, encontra sempre a mesma página.

Bem prega António Vicente nos Relatórios de Actividades que O SITE É A MONTRA DO SINDICATO. Mas o conceito deste site IMOBILISTA onde as notícias já não fluem para a página principal e nela deixaram de rodar não dista muito do Site Armário de Gavetas de 2001.

Anúncios

%d bloggers like this: