A Situação do Ensino Superior não é Normal

by

Colegas,
 
Tal como a situação do país, que se vê confrontado com dificuldades cuja responsabilidade não é imputável à generalidade dos portugueses, a situação do ensino superior não é normal, sem que qualquer responsabilidade possa ser imputada aos seus docentes e investigadores, ou em geral aos membros da comunidade académica: 
 
Não sendo a situação normal, não podemos dar a aparência de que o é, através da passividade, alheamento ou placidez de espírito (como lhe quiserem chamar) que muitas vezes nos caracteriza.
 
Sindicato independente, não filiado nas confederações que convocam conjuntamente a greve geral de 24 de Novembro, o SNESup apela a que de nenhuma forma se dê, nesse dia, a aparência de um funcionamento normal do ensino superior.
 
Para esse efeito:
 
1. Propomos que se paralisem nesse dia as actividades presenciais de funcionamento das instituições:
 
a) em relação ao pessoal docente: aulas, horários de assistência a alunos, vigilância de provas de avaliação, participação em júris de avaliação do 1º ciclo e reuniões de órgãos ou de serviço;
 
b) em relação ao pessoal investigador: todas as actividades que impliquem presença no local de trabalho.
 
  
Essa paralisação poderá ser feita por antecipação ou adiamento das actividades agendadas, caso possível ou com cobertura do pré-aviso de greve a essas actividades que o SNESup, nos termos legais, emite nesta data em sede de convocação de uma Greve Nacional do Ensino Superior.

 
2. Apelamos às nossas comissões de delegados sindicais e a todos os colegas interessados que, nos locais de trabalho que estejam abertos, organizem reuniões para debate da situação actual e das perspectivas para o nosso futuro.
 
Estamos a formular junto das instituições os correspondentes pedidos de sala, apontando para reuniões com início pelas 11 horas em cada campus, mas admitindo ajustamentos a indicar pelos delegados sindicais ou interessados que nos contactem.
 
Para os colegas da área de Lisboa, está em preparação uma concentração ao princípio da tarde, em local a indicar, que, perante a perspectiva de paralisação dos transportes colectivos dependerá da disponibilidade de cada um para levar a sua viatura / para oferecer boleia a colegas a partir da instituição ou do local da residência.
 
 
3. Disponibilizamo-nos para divulgar a nível nacional as adesões à paralisação e as tomadas de posição eventualmente adoptadas nas reuniões, sem prejuízo da sua divulgação directa, que incentivamos, junto dos media regionais e locais.
 
O Fórum SNESup através dos seus posts e dos seus comentários, será o nosso veículo de comunicação.
Anúncios

3 Respostas to “A Situação do Ensino Superior não é Normal”

  1. Não chateiem Says:

    Também não é nada normal andar a receber os vossos emailes não solicitados. Como muitos nunca aderi nem forneci o meu endereço. Deixem em paz quem realmente apenas quer trabalhar….

    • Luis Luz Says:

      Colega, assumindo que é docente do ensino superior, eis uma simples forma de resolver o seu problema:
      Basta enviar um mail para snesup@snesup.pt indicando que não quer receber mais mensagens do SNESup, pois apenas quer trabalhar e não está para se chatear com coisas mínimas e totalmente irrelevantes ao desempenho das suas funções, como essas coisas dos estatutos, regulamentos de avaliação e outras tretas do género (a última parte da frase- depois de SNESup- é facultativa).
      Cumprimentos,
      Luis Luz

  2. Não chateiem « Fórum SNESup Says:

    […] chateiem Diz: 16/11/2010 às 15:05 | Respostas Também não é nada normal andar a receber os vossos emailes não solicitados. Como […]

Os comentários estão fechados.


%d bloggers like this: