Os sindicalistas, essa cambada…

by

Nunca como agora, graças à Internet, podemos mostrar aos outros o que pensamos e como somos todos excelentes treinadores de bancada, sempre com opiniões sobre tudo e sobre todos (se são fundamentadas ou não, isso já é totalmente secundário). Uma das opiniões muito em voga nesta nossa sociedade de informação/desinformação, prende-se com o papel que os sindicatos desempenham.

Pelo que se ouve e lê por aí, existe uma crise nos sindicatos, a qual aparentemente, é da responsabilidade dos próprios: são os sindicatos que se encontram desfasados do tempo. Uma elite distanciada da realidade, que nada de útil faz na vida, limitando-se a “parasitar” um sistema.

“Eu ser sócio para quê? Para vocês ficarem com o meu dinheiro?”; “Vocês são todos iguais.”; “Eu?! Num Sindicato? Nem pensar!!”. Eis alguns exemplos de mimos que recebo, quando tenho a ousadia de propor a adesão ao SNESup a alguns dos meus colegas.

Preocupa-me, como sócio do SNESup e membro da sua direcção este tipo de atitude. Principalmente quando pergunto, às pessoas, as razões para a mesma. Infelizmente as respostas, em vez de originarem críticas construtivas relativas ao SNESup, resultam em ideias preconcebidas e desculpas para um comodismo que me incomoda.

O SNESup é dirigido por docentes que dão horas da sua vida, sem que para isso usufruam de qualquer renumeração, a uma causa que é a defesa dos direitos de uma classe (e não o direito dos seus sócios e/ou dirigentes).  Temos, por vezes, formas diferentes de olhar para as situações (o que no meu entender só nos enriquece). Não somos (nem nunca devemos ser) imunes à crítica. Damos, o melhor que podemos, dentro das nossas limitadas disponibilidades.

Custa-me, por todas estas razões, que “treinadores de bancada”, do alto da sua sabedoria (e de braços cruzados) critiquem, caminhos, ou formas de agir do SNESup. Custa-me ouvir comentários de quem (sendo sócio, ou não) e tendo algo para dar, limita-se a enviar recados e continua de braços cruzados na eterna esperança que os outros façam o que é da sua “obrigação”.

Se não concordam com os caminhos seguidos, tracem o vosso, envolvam-se, tornem‑se sócios ACTIVOS, participem nas reuniões, tornem-se Delegados Sindicais, informem-se, tragam ideias, sugestões, disponibilizem o vosso tempo para aplicar no que consideram que está certo. Não se acomodem! Deixem de ser treinadores de bancada e passem a ser cidadãos activos na defesa dos vossos direitos, e na aplicação de todos os vossos deveres.

Anúncios

Uma resposta to “Os sindicalistas, essa cambada…”

  1. Nova vida para o Fórum ? « Fórum SNESup Says:

    […] Fórum SNESup « Os sindicalistas, essa cambada… […]

Os comentários estão fechados.


%d bloggers like this: